Série Especialidades: Primeiros Socorros – Parte 5

serie-especialidades

Parte 5 – Falta pouco para vocês conseguirem o nível 1, então falaremos hoje sobre os casos de Hemorragia Nasal e Insolação.

“Item 10 - Saber como agir nos casos de hemorragia nasal e insolação. ”

Hemorragia Nasal

sangramento-nasalDe todas as hemorragias, a nasal (epistaxe) é a mais comum, tanto em crianças quanto em adultos. Esse tipo de hemorragia é causado pelo rompimento dos vasos sangüíneos do nariz.

As hemorragias nasais, em geral, não apresentam maior gravidade. Mas, de qualquer forma, exigem atendimento imediato para que não se tornem mais sérias.

Em primeiro lugar, o socorrista deve procurar acalmar a vítima. Depois, sente-a em uma cadeira com o tronco ereto e a cabeça levemente inclinada para a frente. Aperte a narina que sangra durante cerca de cinco minutos, sem retirar a mão. Caso não resolva, tente novamente segurar a narina por cerca de 10 minutos. Se, mesmo assim, a hemorragia não ceder, procure socorro médico. Após o sangramento estancar, evite lavar imediatamente o nariz, pois a retirada dos coágulos podem causar a volta da hemorragia. Limpe suavemente a região próxima com algodão ou pano umedecido com soro.

Nos casos de hemorragia nasal, o socorrista deve orientar a vítima a não assoar o nariz ou inclinar a cabeça para trás.

Insolação ou Intermação

praia

Insolação ou Intermação é a enfermidade ocorrida devido a exposição excessiva ao calor. Neste caso a vítima perde a consciência devido a elevação da temperatura do sangue no corpo.

Ocorre geralmente quando estamos em ambiente com falta de circulação de ar ou mesmo tomando aquele solzinho na praia. Devemos sempre lembrar que nosso corpo não é uma máquina indestrutível e assim como os motores industriais nossos motores também precisão de seus combustíveis e refrigeradores, é nesse caso que entra a água que é o refrigerador natural do nosso organismo regulando nosso temperatura interna.

Portanto sempre que nos encontrarmos, inevitavelmente, em lugares excessivamente quentes devemos ter em mente que a água é o elemento básico com o qual devemos suprir nosso corpo.

Subitamente, quando a pessoa cai desacordada, ou após o aparecimento de sintomas e sinais como tonturas, enjôos, dor de cabeça, pele seca e quente, rosto avermelhado, febre alta, pulso rápido, respiração ofegante.

Os sintomas e sinais de insolação nem sempre aparecem ao mesmo tempo. Normalmente podemos verificar apenas alguns deles.

O importante é que você saiba exatamente o que fazer no caso de uma pessoa passar muito tempo exposta ao sol e apresentar algum sinal de insolação.

Primeiros Socorros

  1. Enquanto você aguarda o socorro médico, procure colocar a vítima em uma sombra, aplique compressas frias sobre a cabeça da vítima e envolva seu corpo em toalhas molhadas. Isso é feito para baixar a temperatura.
  2. Em seguida deite a pessoa de costas, apoiando a cabeça e os ombros para que fiquem mais altos que o resto do corpo. O ideal é que a temperatura desça lentamente, para que não ocorra um colapso, ou seja, quedas bruscas de temperatura.

insolacao
 

Atenção: Após ter prestado os primeiros socorros, deve se procurar ajuda médica, com urgência.

One Response

Add a Comment

Você deve estar logado para publicar um comentário.